As incríveis peripécias de nossas vidas medíocres!


Biografias

Sempre que eu tento atormentar o meu marido, acabo me dando mal. Hoje, eu estava superirritada porque toda vez que eu pedia para ele me ajudar – coisa que ele faz sempre, verdade seja dita – ele estava fazendo alguma coisa, e não podia. E o pior é que sempre são as MESMAS coisas: colocar gelo no joelho recém operado, tomar café, fumar um cigarro, ir ao banheiro e dormir até tarde.

Então eu lancei:

– Se eu fosse escrever a sua biografia ia ser fácil: ” Alexandre: nasceu, acordou tarde, colocou gelo no joelho, tomou um café, fumou um cigarro, foi ao banheiro e morreu!”.

– É, e seu fosse escrever a sua, ia ser mais fácil ainda: “Amanda: nasceu, estressou e morreu”.

Morri de rir, um tempão e disse:

– Não, não. Acho que devia ser assim: “Amanda: nasceu, estressou, morreu, ressucitou, gargalhou e, finalmente, morreu!”

O Yuri, que sempre salva o padrasto emendou:

– Minha mãe, por ser estressada ia ser a que ia viver menos. Eu, por outro lado, ia ter vida longa: ” Yuri: nasceu, peidou, recalmou, surtou, pirou, reclamou de fome, comeu, dormiu, sonambulou e morreu!”.



É errando que se aprende!
6 de maio de 2009, 20:31
Filed under: Desabafo! | Tags: , , ,

Posso ter errado na escolha do pai do meu filho, mas não poderia ter escolhido padrastos melhores!



Dilemas da família moderna

Marido e filho discutem com a esposa/mãe a respeito das horas que ela tem dedicado ao trabalho:

-Agora você só trabalha e nem fica com a gente – diz o marido indignado.

-É mesmo, a gente mal te vê – o filho completa com cumplicidade.

-Gente! Eu preciso trabalhar! Eu sei que eu tenho trabalhado muito, mas quando estou em casa, fico o máximo que posso com vocês…

O marido se convence:

-É mesmo, desculpe. A gente tem sido egoísta.

O filho, irritadíssimo com a perda do parceiro de reivindicações, explode:

-Você diz isso porque passa 8h a mais com ela que eu!

-Como assim?! – ele diz sem entender absolutamente nada.

-Vocês dormem juntos, uai!



Itabirito
29 de janeiro de 2009, 21:21
Filed under: Comédia da Vida Privada, Família | Tags: , , , , ,

Fomos acampar em Itabirito.

Nos perdemos até…

Pedimos informação várias vezes, mas nunca acertávamos o nome da cidade:

-Ô moço, por favor, pra que lado fica Itabira?

-É ITABIRITO!!!!

-Ah! É!

E lá íamos nós…

Mais adiante meu marido pergunta:

-Ô moço, por favor, pra que lado fica Itabirito?

Meu filho, já acostumado com a troca de nomes, diz:

-Não é Itabirito! É Itabira!

Meu marido sorrindo diz:

-Claro que é! Itabiruta!